Menu
RSS

Confira algumas das estradas mais assustadoras da Europa

  • Por 
A Estrada Atlântica, na Noruega, é considerada a mais cênica e também a mais perigosa de toda a Europa A Estrada Atlântica, na Noruega, é considerada a mais cênica e também a mais perigosa de toda a Europa

Há estradas famosas por suas belas paisagens, porém também pelos perigos que as cercam. Iremos listar logo abaixo algumas das estradas mais assustadoras da Europa.

Localizada perto da cidade de Andalsnes, no sudoeste da Noruega, a Trollstigen é uma estrada com 11 curvas extremamente fechadas que serpenteia entre imponentes montanhas do país nórdico. Vê-la desde cima gera, ao mesmo tempo, uma sensação de deslumbramento e de apreensão. A estrada é fechada durante o inverno e exige cautela dos motoristas. E é fácil se distrair durante o percurso: a Trollstigen se encontra cercada por lindas cachoeiras e cortada por um curso d'água.


Imagem: Chell Hill/Creative Commons

A Passage du Gois é uma pequena estrada que conecta Beauvoir-sur-Mer à ilha de Noirmoutier, ambas localizadas no departamento de Vendée, na costa oeste da França. Poderia ser uma via normal, mas, periodicamente, a Passage du Gois é coberta pelo mar, deixando-a no estado mostrado na foto acima. Às vezes, ela fica submersa a uma profundidade de quatro metros. Os motoristas são sempre aconselhados a checar os horários da maré alta antes de fazer a travessia. "Não é perigoso, desde que você respeite as normas de segurança", diz o site da Passage du Gois.


Imagem: Florian Pépellin/Creative Commons

A Suíça é outro lugar que possui estradas que, à primeira vista, parecem assustadoras. Uma delas é a via que cruza a Passagem de Grimsel, no sul do país. Com 38km de extensão, a estrada conecta as localidades de Gletsch e Meiringen e, em seu trajeto, apresenta diversas curvas sinuosas entre as montanhas da região. A rodovia fica fechada em diversas épocas do ano, principalmente no inverno, quando trafegar por ali é perigoso demais. Mesmo assim, trata-se de um destino ideal para lindas fotos.


Imagem: Cooper.ch/Creative Commons

Localizada ao sul de Nápoles, a Costa Amalfitana abriga alguns dos destinos litorâneos mais lindos da Itália, como Amalfi, Maiori, Positano e Praiano. Na região, a graça é ir pulando entre cada um desses lugares, que exibem edifícios históricos erguidos sobre imponentes colinas ao lado do mar. O problema é que a Strada Statale 163, que conecta as principais vilas da Costa Amalfitana, é uma rodovia estreita, cheia de curvas e recheada de carros (geralmente pilotados por motoristas inconsequentes). Como é possível ver na imagem acima, a estrada tem diversos pontos cegos, que dão calafrios nos turistas que a percorrem.


Imagem: Libertotag73/Creative Commons

Outra estrada tensa da Itália é a via conhecida como Passagem de Stelvio, localizada nos alpes do país da bota, perto da fronteira com a Suíça. A obra tem mais de 40 curvas de dar frio na barriga do mais experiente dos motoristas e já foi considerada a sexta estrada mais perigosa do mundo pelo site "Autocosmos". O lugar é constantemente coberto por nevoeiros, o que torna seu trajeto ainda mais arriscado. Mesmo assim, diversos turistas vão até essa região do norte da Itália com o objetivo de dirigir pela Passagem de Stelvio.


Imagem: Getty Images

A estrada que atravessa a passagem montanhosa Col de Turini é capaz de gerar tanta adrelina que, anualmente, torna-se palco para o Rali de Monte Carlo. Localizada na França, perto da fronteira com a Itália, a via é recheada de curvas sinuosas e exige destreza dos motoristas. Ela fica perto da comuna de Sospel, que abriga um lindo centro urbano que remonta ao século 5 d.C.


Imagem: Jérémie Forget/Creative Commons

O norte da Albânia abriga uma região que lembra muito os Alpes suíços, com montanhas imponentes e vilazinhas bucólicas entre rios e cachoeiras. Uma das principais atrações da área é a vila de Theth, que oferece algumas das paisagens montanhosas mais lindas da Europa. O desafio é sair de lá: para ir de Theth a Shkoder (a principal cidade do norte da Albânia, de onde turistas continuam suas viagens para outros lugares), os viajantes devem pegar ônibus envelhecidos e enfrentar uma estrada de terra esburacada e beirando precipícios. Os cenários vistos através das janelas dos veículos são deslumbrantes, mas é difícil não ficar com medo durante a jornada.


Imagem: Motorbike Adventure/Creative Commons

A estrada chamada de Route de La Turbie conecta parte do sul da França com o principado de Mônaco e é conhecida por ter trechos perigosos. A via ficou famosa como o local da morte da princesa Grace Kelly, que, em 1982, sofreu um derrame enquanto dirigia pela área e perdeu o controle de seu veículo, que caiu em um barranco. Apesar de estar cercada por lindas paisagens, a estrada ainda requer atenção dos motoristas que passam por lá.


Imagem: Bhu z Crecelu/Creative Commons

Com pouco mais de 8km de extensão, a Rodovia do Oceano Atlântico, na Noruega, tem um trecho que assusta os motoristas desavisados. Trata-se da ponte Storseisundet, composta por uma subida em curva e que, se vista de determinado ângulo, parece desaparecer no céu. A impressão é a de que se pode cair em um abismo ao final do percurso. A imagem, porém, é apenas uma ilusão de ótica: a Storseisundet, que tem 260m de comprimento, continua como uma descida do outro lado e, se as regras de trânsito locais forem respeitadas, oferece condições seguras para os motoristas.


Imagem: XdMag/Creative Commons

A rodovia conhecida como Transfagarasan está situada na região central da Romênia e é uma atração turística no país europeu. Forasteiros de todos os cantos do mundo alugam veículos e guias para percorrer seus 90km recheados de curvas e cercados por precipícios, tudo sob as sombras de montanhas da cordilheira dos Cárpatos. Por essa via, é possível chegar a lindas cidades romenas, como Sibiu e Pitesti.


Imagem: Andrei Stroe/Creative Commons

Deixe seu comentário

Última modificação emQuarta, 14 Dezembro 2016 18:26
Voltar ao topo
Info for bonus Review bet365 here.